top of page
Blue Smoke

Obesidade e câncer

Obesidade continua a ser um dos problemas críticos de saúde em todo o mundo. Cerca de um terço da população mundial é considerada com sobrepeso ou obesidade. Acredita-se que cerca de 20% dos casos de tumores malignos no mundo ocorram exclusivamente por conta da obesidade e esse fator de risco para câncer vem inclusive ultrapassando o tabagismo.⠀


_⠀


Evidências emergentes sugerem que a perda de peso no adulto reduz o risco de câncer. Estudos que avaliaram pacientes que obtiveram sucesso na regularização de seu peso (incluindo cirurgia bariátrica) demonstraram diminuição das chances de câncer com o controle da obesidade.⠀


_⠀


Do ponto de vista biológico, a relação entre câncer e obesidade é complexa, mas envolve a insulina, fatores de crescimento semelhantes à insulina, hormônios sexuais e adipocinas. O aumento dessas substâncias, que ocorre no obeso, provoca uma mudança no ambiente celular que pode promover o crescimento do tumor.⠀


_⠀


Para pacientes já diagnosticados com câncer, o excesso de peso também pode prejudicar a tolerância aos tratamentos e aumentar a chance de recaída do tumor.⠀


_⠀


A obesidade é um problema multifatorial, envolvendo predisposição genética e, principalmente, fatores ambientais. Além disso, na maioria das vezes, há associação com o sedentarismo. Dessa forma, a abordagem dessa questão deve ser multidisciplinar, envolvendo profissionais médicos, nutricionistas, psicólogos e educadores físicos.⠀




0 visualização0 comentário
bottom of page